terça-feira, 19 de maio de 2020

Quarentena muda até comportamento de ladrão de carro, diz empresa de rastreamento

Participação dos furtos no total de ocorrências subiu, segundo estudo da Tracker

SÃO PAULO

Na quarentena, até o comportamento dos ladrões mudou, segundo análise da empresa de rastreamento de veículos Tracker. Se antes eles costumavam roubar ou furtar às sextas e sábados, agora agem mais durante a semana.

Antes do isolamento, 30% das ocorrências se concentravam nas sextas-feiras, mas esse índice caiu para cerca de 13% após o início do isolamento. Já no sábado, que antes tinha 17% dos casos, caiu para 9% agora, segundo o levantamento da Tracker, que comparou o período de 15 de março a 10 de maio em 2019 com o mesmo intervalo neste ano.

Os piores horários em que as ocorrências acontecem ainda são os de 10h às 16h e de 20h às 6h.

O modus operandi também mudou, conforme o estudo da Tracker. As abordagens a mão armada caíram e os furtos cresceram após a chegada do coronavírus. A participação dos roubos no total de ocorrências caiu de 70%, no intervalo de 15 de março a 10 de maio de 2019, para quase 60% neste ano, no mesmo período.

Já os furtos subiram de 30% para 40% na mesma base de comparação.

Na análise da Tracker, como há menos veículos expostos nas ruas, as chances de abordagens para roubar diminuíram.

Fonte: Folha Online - 18/05/2020 e SOS Consumidor

Nenhum comentário:

Postar um comentário