terça-feira, 19 de maio de 2020

Bolsonaro terá reunião com governadores na quinta-feira

A discussão deverá ser sobre a sanção ao projeto de auxílio a estados e municípios

Questão gera polêmica mesmo após votada no Congresso

Questão gera polêmica mesmo após votada no Congresso | Foto: Carolina Antunes / PR / Divulgação CP

PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro e os governadores deverão ter reunião, na quinta-feira, às 10h, para discutir o projeto de auxílio a estados e municípios. A proposta foi aprovada no Congresso Nacional e aguarda a sanção do presidente. O governador Eduardo Leite foi convidado na noite desta segunda-feira.

O tema tem sido marcado por polêmicas, agravadas pelas discordâncias do presidente com as medidas de isolamento social mantidas pelos administradores estaduais. No Congresso, a discussão recaiu sobre os valores e percentuais a serem repassados a estados. Outro ponto de divergência foi a contrapartida definida pelo Ministério da Economia, que era o congelamento dos salários dos servidores. Porém, na discussão, houve a inclusão de algumas categorias no texto aprovado.

O presidente já informou que seguirá a orientação do ministro da Economia, Paulo Guedes, e vetará o texto, mantendo o congelamento a todos os servidores.

A Secretaria da Fazenda do Rio Grande do Sul projeta que a primeira parcela será de R$ 486 milhões. A expectativa era de que o recurso fosse liberado até 20 de maio (quarta-feira). Conforme o titular da Fazenda, Marco Aurelio Cardoso, no caso do Estado, os recursos vão recompor o fluxo de caixa do Tesouro e auxiliar no pagamento da folha.


Correio do Povo


GERAL

Todos os sintomas são importantes, diz pesquisadora da UFPel

Nenhum comentário:

Postar um comentário