segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Dois podcasts Ideias inéditos para você

Jogos de Guerra

Os assinantes desta newsletter provavelmente já conhecem o Podcast Ideias, que vai ao ar uma vez por semana aqui na Gazeta do Povo.
A primeira edição foi ao ar em maio de 2017, com Rodrigo Constantino, Alexandre Borges e Leandro Narloch. O programa mudou muito neste dois anos e meio e 141 edições. Saíram Alexandre Borges (que agora volta e meia aparece no programa como convidado) e Leandro Narloch; vieram Gustavo Nogy e Madeleine Lacsko e vários convidados como Ana Paula Henkel, Guilherme Macalossi, Flávio Gordon, Paulo Cruz, Francisco Escorsim, Francisco Razzo, Benê Barbosa entre tantos outros.
Atualmente conta com Rodrigo Constantino e Guilherme Fiuza, ambos colunistas da Gazeta do Povo. Dionisius Amendola e Martim Vasques da Cunha também já fizeram episódios especiais sobre temas culturais importantes, de ‘ Game of Thrones’ a ‘ Chernobyl’, passando por ‘La Casa di Papel’ e ‘O Irlandês’.
Vários episódios tornaram-se sucesso de audiência. Logo no segundo episódio, a hipocrisia de Gregório Duvivier virou tema do programa e foi ouvido mais de 11 mil vezes. O programa explicando o que é a ideologia de gênero chegou na marca de 19 mil; sobre Churchill , 13 mil; sobre a série ‘O Mecanismo’, da Netflix, 14 mil; sobre o livro ‘Sapiens’, de Yuval Harari, mais de 11 mil. E o campeão foi o programa em que explicava o pensamento por trás da filosofia de Olavo de Carvalho , com quase 25 mil. Esses números referem-se apenas ao Soundcloud, sem contar as outras plataformas nas quais o programa se encontra: Spotify, Deezer, Google Podcasts e iTunes.
Nesta semana, excepcionalmente, estamos publicando simultaneamente dois podcasts Ideias. Por quê? Estes primeiros dias de janeiro não deram trégua. Já começaram com uma briga monumental entre Estados Unidos e Irã e incêndios que afligiram quase todo o território da Austrália.
Por isso a editora de Mundo Helen Mendes fez um programa especial sobre a tentativa do Irã controlar o Iraque com milícias. Nele, ela recebe o professor de Relações Internacionais Rodrigo Amaral, especialista em conflitos internacionais com foco na ocupação americana no Iraque, e a jornalista Carla Aranha, especialista em Oriente Médio.
Já os colunistas Rodrigo Constantino e Guilherme Fiuza receberam o ecólogo Daniel Nepstad, que já foi professor em Yale e conhece a Amazônia como ninguém. Ele falou sobre como o capitalismo pode salvar a Amazônia e qual a diferença para os incêndios na Austrália.
Bom programa.
Atenciosamente,
Jones Rossi

Nenhum comentário:

Postar um comentário