sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Haddad, o conciliador, chama Moro de ‘miliciano de toga’

Na reunião do PT em Salvador, Fernando Haddad referiu-se a Sergio Moro como “miliciano de toga” ao falar sobre a atuação do então juiz na prisão de Lula, informa o UOL.

“A decisão que ele tomou [Lula] aquele dia [em que foi preso] não foi uma decisão pensando nele, mas em todos nós e no país. Não é brincadeira uma pessoa com 72 anos à época, que sabia que aquela decisão do Moro não tinha nada a ver, era uma decisão política do Moro, era um agente político, que é uma espécie de miliciano de toga porque o que ele faz é coisa de miliciano”, disse o ex-poste petista, num discurso um tanto quanto confuso.

Ainda bem que Haddad é “conciliador”. Imaginem se não fosse.


O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário