quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Dilma critica decisão de Bolsonaro de apoiar embargo a Cuba

Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para criticar a decisão do governo de Jair Bolsonaro de votar contra a resolução da ONU que pede o fim do embargo dos Estados Unidos a Cuba.

“Bolsonaro agride um país e um povo que sempre agiram de forma fraterna com o Brasil. O bloqueio a Cuba, que já dura 52 anos, causou ao povo cubano um prejuízo social que soma US$ 1,39 trilhões [sic]. Uma tentativa calculada de genocídio, que a dignidade do povo cubano vem impedindo”, tuitou a presidente impichada.

Em uma série de postagens, a petista também escreveu que “a esmagadora maioria dos países que são da ONU vota sistematicamente contra o embargo dos EUA” e que “o governo Bolsonaro rompe com toda uma tradição diplomática e democrática do Brasil”.

O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário