domingo, 10 de novembro de 2019

Centenas vão às ruas de Porto Alegre pela prisão em segunda instância

Ato aconteceu na tarde deste sábado, na avenida Goethe, ao lado do Parcão

Cartazes foram uma das formas encontradas pelos manifestantes de Porto Alegre expressarem a insatisfação com a decisão do STF

Cartazes foram uma das formas encontradas pelos manifestantes de Porto Alegre expressarem a insatisfação com a decisão do STF | Foto: Fabiano Amaral

PUBLICIDADE

Um dia após a soltura de Luiz Inácio Lula da Silva, parte da população foi às ruas, neste sábado, para manifestar seu descontentamento com a Corte e exigir respostas do Congresso Nacional sobre a prisão em segunda instância. Em Porto Alegre, o ato ocorreu na Avenida Goethe, ao lado do Parque Moinhos de Vento, o Parcão. O evento, marcado na internet pelo movimento Vem Pra Rua, reuniu centenas de pessoas entre às 15h e 18h. O ato deste final de semana ganhou ainda mais força depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu alterar o entendimento sobre a prisão após a condenação em segunda instância, o que aconteceu na última quinta-feira, e acabou, por consequência, beneficiando o ex-presidente.

A integrante do movimento Livre Iniciativa para Todos e organizadora do protesto deste sábado, Paula Cassol lembra que este foi o primeiro ato desde 25 de agosto, quando foi pedido o impeachment do presidente do STF, Dias Toffoli, o veto à lei de abuso de autoridade e apoio à Lava Jato. "As pessoas já estavam apreensivas. Muita gente não quer a medida (fim da prisão em segunda instância)", assegura. Junto à voz dela, outras lideranças da direita gaúcha passaram parte da tarde de sábado se revezando no palanque montado sobre um caminhão de som, como o deputado federal Marcel van Hattem (Novo), deputado estadual Ruy Irigaray (PSL), o ex-senador Pedro Simon (MDB) e a vereadora porto-alegrense Comandante Nádia Gerhard (MDB), entre outros. Nos discursos, muitos ataques ao STF, à esquerda como um todo e em particular ao PT e ao Lula. Também foi falado sobre as soluções, que passam pelo Congresso Nacional votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 410, retomando o entendimento da prisão em segunda instância, e também da revogação da PEC da Bengala, reduzindo a idade máxima para a atuação dos magistrados.

Vestindo verde e amarelo, acompanhados de crianças e animais de estimação, os manifestantes protestaram de forma pacífica, segurando cartazes em apoio ao pacote anticrime do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e também contra o STF e a corrupção. Alguns também vestiam camisetas em apoio ao presidente Jair Bolsonaro. "Nós temos que se organizar, mostrar que estamos mobilizados contra o que está acontecendo", pede o comerciante de Gravataí, João Soares Mateus, 58 anos. "Eu fiquei insatisfeita com a política praticada pela esquerda. Então eu venho às manifestações desde 2018. Tenho dois filhos, um de 9 e outro de 6 anos, e quero que o futuro fique melhor para eles. O que aconteceu nesta semana é um marco para a impunidade", argumenta a professora Fernanda Menezes Ulguim, 43, de Porto Alegre.

Segundo Paula, o ato em Porto Alegre teria reunido 35 mil pessoas. Número que não foi confirmado pela Brigada Militar. O Vem Pra Rua tinha programado manifestações em 137 cidades brasileiras, 12 delas aqui no Rio Grande do Sul.

Uruguaiana

Em Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, dezenas de manifestantes, integrantes do Movimento Civil Resgate Brasil, reuniram-se na rua Bento Martins, um dos quadrantes da praça Barão do Rio Branco, centro da cidade para protestar contra a decisão do STF que impede prisão antes do processo transitar em julgado.

Segundo a pecuarista Stella Alves – a concentração apela aos congressistas que aprovem a PEC 410 e revoguem a PEC da Bengala que aposentaria, compulsoriamente, ministros do Supremo aos 70 ao invés dos atuais 75 anos. No entorno populares portavam bandeiras, faixas, cartazes e, a maioria, trajava vestes em verde e amarelo. Os discursos aconteceram junto ao carro de som que durante a manifestação entoava hinos - Nacional, Soldado, República, Independência – entre outros. 


Correio do Povo


Em seu segundo discurso após deixar a prisão, Lula falou a apoiadores em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos

POLÍTICA

Lula sobe o tom contra Bolsonaro e fala em “percorrer o país”

Decisão do STF foi proferida na última quinta-feira

POLÍTICA

Pesquisa: 56% discordam de decisão do STF que soltou ex-presidente Lula

Moro respondeu a Lula, via Twitter

Chamado de canalha, Moro afirma que “não responde a criminosos”

Presidente concluiu tuíte com seu slogan de sua campanha

Bolsonaro pede que brasileiros não deem "munição ao canalha"

Instabilidade permanecerá no Rio Grande do Sul neste domingo

GERAL

Domingo será de instabilidade no Rio Grande do Sul

Óleo já atingiu o estado do Sergipe e governo brasileiro tenta descobrir origem de vazamento

GERAL

Vazamento de óleo pode ter sido provocado por navio fantasma

MUNDO

Após deserções, Evo Morales diz que é vítima de golpe

Patrick pensa em vitória no domingo para Inter recuperar a confiança no campeonato

Patrick fala em vitória por volta da confiança no Inter

FILHOS

Rapper gera polêmica com 'exame de virgindade' da filha

SAÚDE

Lentes de contato para os dentes: como funciona a técnica

Grupo de torcedores protestou no Beira-Rio neste sábado

INTER

Grupo de torcedores protesta no pátio do Beira-Rio

Capixaba quer ver um Grêmio concentrado diante da Chapecoense

GRÊMIO

Capixaba pede Grêmio focado em "jogo de Copa do Mundo" contra a Chapecoense

Soteldo e Marinho foram dos destaques da partida contra o Goiás

BRASILEIRÃO

Com Soteldo e Marinho inspirados, Santos atropela o Goiás

Brasil de Pelotas empatou em 2 a 2 com o Oeste no Bento Freitas

FUTEBOL

Brasil busca empate diante do Oeste no Bento Freitas

ESPORTES

Del Valle vence Colón e conquista Copa Sul-Americana

Mega-Sena acumulou neste sábado

GERAL

Mega-Sena acumula e promete pagar R$ 6,5 milhões na quarta-feira

Patinadoras da Cia. Chassé mostraram habilidades sobre as rodinhas aos pacientes e familiares que estão acolhidos na Casa de Apoio Madre Ana, da Santa Casa

GERAL

Pacientes e familiares da Casa de Apoio Madre Ana ganham show de patinação

Cheia do Guaíba atinge ruas da região das ilhas

GERAL

Água começa a baixar na região das ilhas, em Porto Alegre

Projeto Ruas Completas resultou na revitalização da João Alfredo com a República

GERAL

Rua da Cidade Baixa recebe revitalização com instalação de bancos, lounges e floreiras

Embarcação foi encontrada nessa sexta-feira

BARRA DO GUARITA

Encontrado corpo de jovem que naufragou no Rio Uruguai

ESPECIAL

Muro de Berlim: 30 anos da queda e resistente divisão na Alemanha

Donald Trump irá discutir tecnologia, ataques cibernéticos e terrorismo

MUNDO

Trump se encontrará com o chefe da Otan na próxima semana

Robert Pattinson será Bruce Wayne em The Batman. Na foto, cena de Cosmópolis (2012)

PODCAST CPOP

Novidades sobre Batman, cenário cultural do Muro de Berlim e volta do RATM

Ex-Beatles prestaram suas homenagens nas redes sociais

Morre Robert Freeman, fotógrafo emblemático dos Beatles

Valentine Monnier acusa Polanski de estupro

GENTE

Francesa que acusa Polanski de estupro enviou carta à esposa de Macron, diz jornal

Finlandeses tocam em Porto Alegre no dia 7 de abril de 2020

ARTE & AGENDA

Sonata Arctica confirma show em Porto Alegre para 2020

Robert De Niro estrela

ARTE & AGENDA

"O Irlandês" ganhará sessão em cinema de Porto Alegre

OFICINA DE JORNALISMO

Oficina de Jornalismo começa na segunda-feira

Ozzy liberou o primeiro single do seu próximo álbum de inédita nessa quinta-feira

ARTE & AGENDA

Ozzy Osbourne confirma lançamento de novo disco e divulga single

Jennifer Aniston e Reese Whiterspoon estrelam

ARTE & AGENDA

Apple TV+ renova quatro séries do catálogo

Nenhum comentário:

Postar um comentário