sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Comitiva para o Vaticano tem 54 nomes da Câmara e 22 do Senado, incluindo acompanhantes, diz jornal

O Valor Econômico informa que a lista enviada para o Ministério das Relações Exteriores com a comitiva oficial que irá à canonização de Irmã Dulce, no Vaticano, tem 54 representantes da Câmara e 22 do Senado, incluindo os parlamentares e seus acompanhantes.

O jornal diz, ainda, que o grande número de autoridades fez com que as embaixadas brasileiras em Roma e na Santa Sé pedissem reforço financeiro ao Itamaraty para custear alguns dos gastos, como o translado entre o aeroporto e o hotel.

Como registramos ontem aqui, a Câmara tem feito de tudo para não divulgar os nomes. No Senado, os nomes confirmados são Jaques Wagner (PT-BA), José Serra (PSDB-SP), Weverton (PDT-MA), Roberto Rocha (PSDB-MA), Elmano Férrer (PODEMOS-PI), Ciro Nogueira (PP-PI) e Angelo Coronel (PSD-BA) — este último informou a O Antagonista que viajará por conta própria.


O Antagonista

2 comentários:

  1. * O que Irmã Dulce pensaria dos 54 nomes da Câmara e dos 22 do Senado, incluindo os acompanhantes, que embarcam para o Vaticano para a sua canonização ?
    * Será que a Irmâ Dulce iria gostar de ver esses políticos viajarem à custa do dinheiro do povo enquanto no Brasil falta tudo e sobram gastos desnecessários com viagens, mordomias, regalias, privilégios e corrupção.
    * Muitos desses políticos vão para tirar fotografias e depois usarem nas suas campanhas eleitorais se aproveitando da Fé dos incautos e despolitizados.
    * Uma das justificativas desses gastos seria o fato do políticos estarem com remorso pelo que fizeram ao Brasil e estão indo pedir perdão dos seus pecados no Vaticano,

    ResponderExcluir