quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Armas de agressor de violência doméstica serão apreendidas

| Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Mudança na Lei Maria da Penha foi publicada no Diário Oficial da União de hoje

PUBLICIDADE

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 9, publica duas alterações na Lei Maria da Penha. As mudanças constam de leis sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro. A primeira norma prevê a apreensão de arma de fogo sob posse de agressor em casos de violência doméstica. A apreensão da arma, nesses casos, será imediata.

A outra norma dá prioridade a mulheres em situação de violência doméstica e familiar para matricular seus dependentes em escola perto de casa, independentemente da existência de vaga. Segundo a lei, serão sigilosos os dados da ofendida e de seus dependentes matriculados ou transferidos, e o acesso às informações será reservado ao juiz, ao Ministério Público e aos órgãos competentes do Poder Público.

AFP


Correio do Povo


GISELE BERARDI

Gorduras: vilãs ou mocinhas para a alimentação?

GRÊMIO

Operação para viabilizar compra da gestão da Arena volta a andar

ESPORTES

Após punir Figueirense, STJD admite erro e vai devolver 3 pontos

FUTEBOL

Cavani não deve renovar com o PSG no fim do ano, diz jornal francês

ESPORTES

Santos vence Palmeiras na Vila Belmiro e rouba 2º lugar do rival

ESPORTES

Botafogo vence Goiás por 3 a 1 e encerra jejum no Brasileirão

Clube carioca tinha perdido quatro jogos seguidos, mas se recuperou com treinador interino

Nenhum comentário:

Postar um comentário