quinta-feira, 18 de julho de 2019

Porto-alegrense deverá gastar quase 30% a mais com presente para o Dia dos Pais

De acordo com o Núcleo de Pesquisa do Sindilojas Porto Alegre, o valor desembolsado para o presente de Dia dos Pais deverá ser mais alto este ano. A informação considera a resposta de 462 consumidores da Capital para um levantamento da Entidade, que indicou que o ticket médio no comércio deverá girar em torno de R$ 182, o que significa 27,9% a mais que o valor que as pessoas estavam dispostas a gastar em 2018.

Entretanto, o valor do presente poderá variar até R$ 246 reais se analisada a classe econômica do consumidor: as classes D/E deverão gastar cerca de R$ 87, a classe C pretende pagar em média R$ 149, o presente da classe B ficará aproximadamente R$ 194 e o da classe A em torno de R$ 333.

A forma de pagamento preferida da maioria dos consumidores (65%) deverá ser à vista, em dinheiro ou no cartão de débito. Já a compra parcelada deverá aumentar este ano se depender de 35% dos respondentes que utilizarão cartão de crédito, cartão da loja a prazo ou crediário. Em 2018, 27,3% das pessoas pretendiam parcelar o presente.

Os produtos mais requisitados não deverão variar muito em relação ao ano passado: roupas, perfumes/cosméticos/produtos de higiene, calçados, eletrônicos, artigos esportivos e acessórios continuam liderando a preferência de quem vai presentear. Esses itens vão ao encontro do que as pessoas gostariam de ganhar. O levantamento revelou também que 77,1% deverão dar apenas um presente.

O Dia dos Pais deverá injetar R$ 149 milhões na economia de Porto Alegre. O valor é 36,2% maior que o divulgado em 2018, quando a projeção era movimentar R$ 105 milhões.

Para acessar a pesquisa completa, clique aqui.

Download da pesquisa


Sindilojas Porto Alegre

Nenhum comentário:

Postar um comentário