sábado, 20 de julho de 2019

Bolsonaro questiona dados sobre desmatamento amazônico

Presidente afirmou que "com toda a devastação de que vocês nos acusam, a Amazônia já teria se extinguido"

Presidente Jair Bolsonaro

Presidente Jair Bolsonaro "mandou" chamar o presidente do Inep para explicar os números divulgados | Foto: Record TV / Divulgação / CP memória

O presidente Jair Bolsonaro questionou, nesta sexta-feira, os dados sobre o aumento do desmatamento na Amazônia e disse suspeitar de que o chefe da agência oficial responsável por coletá-los esteja "a serviço de algumas ONGs". "Com toda a devastação de que vocês nos acusam de estar fazendo e ter feito no passado, a Amazônia já teria se extinguido", declarou Bolsonaro em uma entrevista coletiva para correspondentes estrangeiros em Brasília.

"Isso acontece com muitas divulgações, como a de agora. Até mandei ver quem é o cara que está no comando do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) para que viesse aqui em Brasília explicar esses dados passados para a imprensa", acrescentou. "Pelo que sentimos, isso não condiz com a verdade. Até parece que ele (o presidente do Inpe) está a serviço de alguma ONG", insistiu.

"Falar que passa-se fome no Brasil é uma grande mentira", afirma Bolsonaro
"Não criaremos nenhum novo imposto", diz Bolsonaro sobre possibilidade de CPMF

Ao ser indagado, o organismo presidido por Ricardo Magnus Osório Galvão rebateu essas acusações, destacando a "transparência de seus dados" e a "consistência de sua metodologia".


AFP e Correio do Povo


GOVERNO FEDERAL

Bolsonaro recua e afirma que “pequena parte” do Brasil passa fome

Nenhum comentário:

Postar um comentário