sábado, 13 de abril de 2019

Pompeo pede a países da América Latina cautela com China e Rússia | Clic Noticias

Chefe da diplomacia americana criticou o financiamento concedido pelo país chinês à Venezuela
Segundo Mike Pompeo, China e Russia
Segundo Mike Pompeo, China e Russia “montam armadilhas”, “ignoram as regras” e “espalham a desordem” | Foto: Claudio Reyes / AFP / CP
O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, pediu nesta sexta-feira no Chile aos países latino-americanos que sejam cautelosos em suas relações com a China e a Rússia, dois países que, segundo ele, “montam armadilhas”, “ignoram as regras” e “espalham a desordem “. Em uma conferência realizada em um centro de convenções no leste de Santiago, depois de se reunir com o presidente Sebastián Piñera e o ministro das Relações Exteriores, Roberto Ampuero, Pompeo reafirmou a base da administração de Donald Trump em sua política com a América Latina.
“Os líderes da América do Sul se tornaram mais lúcidos e desconfiados de falsos amigos. China e Rússia estão definitivamente batendo na porta, mas uma vez que eles entram na casa, eles montam armadilhas, ignoram as regras e propagam desordem “, disse o chefe da diplomacia americana. “Felizmente, a América do Sul não está comprando isso e nem nós”, acrescentou.
Pompeo, que chegou a Santiago nesta sexta-feira criticou o financiamento concedido pela China ao governo venezuelano de Nicolás Maduro. “Há uma lição a ser aprendida: a China e outros estão sendo hipócritas ao pedir a não intervenção nos assuntos da Venezuela. Suas próprias intervenções financeiras ajudaram a destruir o país”, disse. O chefe da diplomacia americana ressaltou o “problema” dos negócios de China em lugares como a América Latina. “Frequentemente injeta capital corrosivo”, dando lugar à corrupção e erodindo o bom governo, afirmou.
A título de exemplo, mencionou o caso da represa Coca Codo Sinclair na selva do Equador, financiada e construída pela China, e que agora funciona a média capacidade por problemas em sua construção e administração, segundo Pompeo. Vários de seus executivos estão presos por corrupção. O projeto, detalhou, incluiu um investimento de 19 bilhões de dólares de empréstimos chineses. Como garantia, este país obteve 80% do petróleo do Equador com um desconto, e depois o revendeu. “Este parece um parceiro de confiança?”, perguntou Pompeo.
A América Latina “também deve ser cautelosa com a Rússia“, acrescentou, pedindo aos países da região que não tolerem que este país escale a situação de tensão em países como Venezuela e Nicarágua.
AFP e Correio do Povo
MUNDO
Assange passa 1ª noite na prisão sob possibilidade de extradição
DIÁLOGOS
Amorphis: “Nossas influências vêm do rock dos anos 70 e hard rock”
CINEMA
“Star Wars: Episódio IX” tem título e teaser revelados
Sequência de “Tomb Raider: A Origem” é confirmada
SÉRIE
Revival de “Veronica Mars” ganha teaser e data de estreia
PORTO ALEGRE
“Insensatez” ganha novas apresentações neste fim de semana
“Desenhos com Luz” reúne 58 obras de fotógrafos
GAME OF THRONES
Estudantes alemães criam algoritmo para prever mortes na série
DISNEY+
Disney aposta alto em seu canal por streaming

Nenhum comentário:

Postar um comentário