quarta-feira, 3 de abril de 2019

Constituinte venezuelana retira imunidade de Guaidó | Clic Noticias

Autoproclamado presidente interino da Venezuela classificou iniciativa como uma “inquisição”
Constituinte da Venezuela decidiu retirar imunidade de Guaidó
Constituinte da Venezuela decidiu retirar imunidade de Guaidó | Foto: Federico Parra / AFP / CP
A Assembleia Constituinte da Venezuela decidiu nesta terça-feira retirar a imunidade parlamentar de Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino por mais de 50 países, e autorizou o Tribunal Supremo de Justiça a julgá-lo por usurpação de funções. A Constituinte aprovou por unanimidade “autorizar o prosseguimento do processo penal contra o deputado” Guaidó por parte do Tribunal Supremo de Justiça (TSJ), anunciou Diosdado Cabello, presidente do órgão que dirige a Venezuela com poder absoluto. “A justiça tarda mas não falha, e neste caso não vai falhar”, declarou Cabello ao encerrar os debates no Palácio Federal Legislativo. “Estamos atuando com base na Constituição”, acrescentou.
O TSJ, acusado de ser um apêndice do governo de Nicolás Maduro, investiga Guaidó por suposta usurpação das funções do presidente, que acusa o líder do Congresso de planejar um atentado contra sua vida. Cabello assinalou que a suspensão da imunidade permitirá o “curso legal de todas as investigações e dos julgamentos para que se faça justiça” em um tribunal ordinário.
Guaidó reagiu à situação advertindo que agora “eles podem tentar me sequestrar”. “Vocês sabem como atua o regime. Isso não é nem perseguição, isso é inquisição”, disse o líder da oposição, que ignorou a decisão da Suprema Corte e da Assembleia Constituinte por considerá-las inconstitucionais. “Não tem competência para cassar ou para inabilitar (ao se referir às instituições), devemos falar as coisas como são”, afirmou Guaidó, antes de uma sessão no Parlamento, de maioria opositora, que assim como a Constituinte ocupa o Palácio Federal Legislativo. Nesta crise política, nenhuma instituição venezuelana reconhece as decisões do Legislativo, após TSJ declarar em 2016 que a casa funcionava em desacato.
Um cerco que se fecha
O tribunal pediu o fim a imunidade de Guaidó por considerar que o autoproclamado presidente interino do país violou a proibição de deixar o país imposta em 29 de janeiro. Nesse dia, foi aberta uma investigação contra o opositor por “usurpar” as funções de Maduro, após ter se autoproclamado presidente interino no dia 23 de janeiro. Guaidó tomou esta decisão por considerar que Nicolás Maduro conseguiu o segundo mandato (iniciado em 10 de janeiro) através de eleições “fraudulentas”. O líder opositor saiu clandestinamente do país em fevereiro e retornou no dia 4 de março procedente da Colômbia, através do aeroporto internacional de Maiquetía, na região de Caracas.
Nessa viagem, o congressista visitou vários países da região, após o fracasso, em 23 de fevereiro, de sua tentativa de fazer entrar doações de alimentos e medicamentos enviados pelos Estados Unidos. O autoproclamado presidente interino, que tem o forte apoio dos Estados Unidos, disse várias vezes que o governo de Maduro não ousa prendê-lo. Em entrevista ao jornal mexicano El Universal publicada nesta terça-feira, o político da oposição também atacou a base legal que o governo de Maduro usou para justificar sua inabilitação para ocupar cargos públicos por 15 anos.
Pedido de ajuda à ONU
Em paralelo, o Parlamento decidiu hoje pedir apoio às Nações Unidas para enfrentar a grave crise elétrica que começou em 7 de março passado com uma série da apagões, e que afeta a distribuição de água para milhões de milhões de venezuelanos. Por conta deste problema, na segunda-feira, Maduro afastou do cargo o ministro de Energia Elétrica, general Luis Motta. Em meio ao caos pelos apagões, os venezuelanos ainda enfrentam o colapso dos serviços, incluindo comunicações e transporte, o que levou a protestos espontâneos, sem ligações com movimentos políticos, no domingo. Mas várias manifestações foram reprimidas por coletivos, como são chamados os grupos civis ligados ao governo. Pelo menos duas pessoas ficaram feridas, segundo manifestantes.
Ainda no último domingo, diante da gravidade da crise energética, Maduro confirmou racionamento de luz pelos próximos 30 dias e manteve a redução da jornada de trabalho de 8 para 6 horas diárias. Já as aulas, que estavam suspensas desde 26 de março, voltam ao normal na próxima quarta-feira. As ações contra Guaidó ocorrem em um momento de luta pelo poder com Maduro, contra quem o opositor planeja uma mobilização nacional em direção ao palácio presidencial de Miraflores – em data não estabelecida -, como parte de uma estratégia que batizou “operação liberdade”.
O político de 35 anos não apresentou detalhes desse protesto, mas afirmou que as manifestações do próximo sábado serão um “ensaio” para alcançar esse objetivo. Maduro acusa Guaidó de ser um “fantoche” do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para organizar uma invasão e entregar a Washington o controle da maior reserva petroleira do mundo. Já o legislador afirma que o atual governo é uma “ditadura” patrocinada unicamente pela cúpula militar.
AFP e Correio do Povo
LAVA JATO
Lava Jato denuncia Temer por lavagem de dinheiro em reforma de casa
Bretas aceita denúncias contra Temer, Moreira Franco e outros investigados
Porto Alegre terá marcas entre 19°C e 32°C
PREVISÃO DO TEMPO
RS terá sol entre nuvens e chance de chuva isolada nesta quarta-feira
CCJ deve votar a reforma na primeira metade de abril
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
PSL propõe regras de militares para outros servidores de segurança
Maia evitou comentar uma possível falta de mobilização do Planalto para aprovação do tema
Câmara excluirá BPC e trabalhadores rurais, diz Maia
Ministra disse que projeto é um dos prioritários dos primeiros 100 dias de governo
ENSINO
Damares anuncia MP do ensino domiciliar para a próxima semana
ECONOMIA
Dólar tem quarta queda seguida e fecha em R$ 3,85
Craque colorado deve começar jogando contra o River Plate
INTER
Jogo contra o River mexe demais comigo, reconhece D’Ale
Cortez destacou a importância do jogo contra a Universidad Católica
GRÊMIO
Cortez prevê “guerra” no jogo entre Grêmio e Universidad Católica
Alisson, Geromel, Capixaba e Paulo Vitor integram delegação do Grêmio que já chegou ao Chile
Grêmio desembarca no Chile antes de duelo contra a Universidad
Deyverson teve atuação apagada diante do San Lorenzo
LIBERTADORES
Palmeiras perde jogo e liderança para o San Lorenzo na Libertadores
Jogador marcou dois gols no primeiro jogo da final de 2016
MERCADO DA BOLA
Cruzeiro anuncia contratação de Pedro Rocha para o setor ofensivo
Alemão garantiu que já
PITLANE
Mick Schumacher tem estreia de luxo com a Ferrari em teste da Fórmula 1
ESPAÇO
Depois de missão na Lua em 2024, Nasa confirma Marte para 2033
Funcionários do aeroporto orientavam os usuários
SALGADO FILHO
Nova área de embarque e desembarque registra movimento intenso
Presidente visitou o centro de Memória do Holocausto
POLÍTICA
Bolsonaro diz não ter dúvida de que nazismo foi de esquerda
Câmara abriu processo de impeachment contra Crivella
Câmara do Rio abre processo de impeachment contra Crivella
Ministério da Saúde e secretarias municipais e estadual de saúde realizam últimos preparativos para campanha de vacinação
GERAL
Campanha nacional de vacinação contra a gripe começa dia 10
Segundo fundadores da Proto, objetivo é estudar o fenômeno da desinformação em escala
JORNAL COM TECNOLOGIA
WhatsApp lança na Índia ferramenta de checagem de notícias no app
Fundação Municipal de Saúde pede que a população ajude a eliminar os criadouros do mosquito
CIDADES
Santa Rosa confirma sete casos de dengue em 2019
Humberto Gessinger tocará alguns dos seus clássicos nas duas noites
ARTE & AGENDA
Humberto Gessinger faz dois shows no Opinião nesta semana
Warner Bros. Pictures apadrinhou crianças de abrigos e as levou para assistir
CINEMA
“Shazam!” ganha exibição especial para crianças que vivem em casas de acolhimento
Cláudia Rodrigues luta contra a esclerose múltipla desde 2000
GENTE
Atriz Claudia Rodrigues recebe alta e deixa hospital em São Paulo
Estrelado por Joaquin Phoenix, filme irá abordar origem do vilão por uma nova perspectiva
ARTE & AGENDA
Diretor revela primeiro pôster de “Coringa”
Personagem completou 80 anos no último sábado
ARTE & AGENDA
Batman fará parte do Hall da Fama da Comic-Con
Filho de pai britânico e mãe brasileira, Enoch é fluente em inglês e português
ARTE & AGENDA
Ator de “How To Get Away With Murder” vai estrelar filme brasileiro
Rapper foi atingido por vários disparos em frente a sua loja de roupas


Suspeito de matar rapper Nipsey Hussle é preso

Nenhum comentário:

Postar um comentário