quarta-feira, 24 de abril de 2019

CCJ aprova texto da Reforma da Previdência após 9 horas | Clic Noticias

Proposta do governo teve 48 votos favoráveis e 18 contrários
Sessão foi marcada por tentativas de obstrução de opositores
Sessão foi marcada por tentativas de obstrução de opositores | Foto: Pablo Valadares / Agência Câmara / CP
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou, nesta terça-feira, parecer favorável à reforma da Previdência do governo Bolsonaro. A sessão se estendeu por mais de nove horas, com 48 votos favoráveis e 18 contrários. Foram 62 dias até conseguir passar a primeira barreira ao projeto, tendo que tirar quatro pontos do texto em negociações com o chamado Centrão.
Pedidos da oposição para adiar a votação foram analisados, debatidos e rejeitados nesse período. A comissão rejeitou requerimento para adiar a votação da Reforma da Previdência por três sessões, por 43 votos a zero. Antes, já havia derrubado outro pedido, de adiamento por quatro sessões, com 39 votos a zero. Havia ainda mais um pedido da oposição sobre a mesa antes da votação da admissibilidade da reforma.
Apesar das manobras da oposição para tentar protelar a votação da Reforma da Previdência na CCJ, o presidente da comissão, Felipe Francischini (PSL-PR), avisou que não cederia às manobras. “Podem fazer o barulho que quiserem. Vamos continuar tocando a reunião, a reforma será votada hoje (ontem)”, afirmou. O aviso foi dado após um novo tumulto, provocado após o líder do PSol na Câmara, Ivan Valente (SP), ter sugerido ter uma gravação do presidente da CCJ sobre temas regimentais relacionados ao requerimento da oposição para suspender a tramitação da reforma. Valente não chegou a colocar a gravação porque a mesa da CCJ disse que não cabia a medida.
Nesse momento, Francischini cobrou “coerência e hombridade” de Valente, o que despertou reação da oposição. Um tumulto se formou em frente à mesa, e deputados aliados do governo pediram “civilidade”. Após o fim do tumulto, o plenário da CCJ rejeitou requerimento para adiar votação por cinco sessões por 44 votos a sete, com uma abstenção.
“Não apontem o dedo para mim que não sou moleque!” Com essa declaração áspera, Francischini reagiu à tentativa de deputadas da oposição para barrar a votação. Maria do Rosário (PT-RS), Gleisi Hoffmann (PT-PR), Erika Kokay (PT-DF) e Taliria Petrone (PSol-RJ) cercaram o presidente na mesa da CCJ.
Ele disse que não deixaria as deputadas cercarem a mesa, o que acabou acontecendo. Francischini não deixou que elas ficassem no local. Governistas gritavam: “Não se deixe intimidar. Reaja com o regimento”.
Correio do Povo
Objetivo do governo é evitar atrasos na tramitação da proposta
CÂMARA
Acordo prevê instalação da comissão especial da Previdência na quinta
STJ reduziu pena de Lula nesta terça-feira
POLÍTICA
Nova condenação pode manter ex-presidente Lula em regime fechado
PEC 272/19 foi aprovada em primeiro turno, nesta terça-feira
RS
PEC 272/19 é aprovada em primeiro turno na Assembleia
Servidores aguaram votação na frente da Assembleia Legislativa
Protesto e tensão antes da votação da PEC do Plebiscito
Porto Alegre terá sol e nuvens nesta quarta-feira
PREVISÃO DO TEMPO
Tempo ficará mais quente nesta quarta no Rio Grande do Sul
TRÂNSITO
Acidente entre dois carros e caminhão deixa um morto na BR 116
Treinador destacou golaços de Everton que definiram partida
GRÊMIO
Renato confia na classificação com “Grêmio vibrante e competitivo”
Luciano Aued é dúvida na Católica para enfrentar o Rosario Central
DE OLHO NO RIVAL
Católica tem dúvida em principal meia para jogo com o Central
Guerrero enfrentará o Alianza Lima nesta quarta-feira
INTER
Guerrero vive sonho ao enfrentar Alianza Lima
Adryelson está no Sport e pode chegar ao Beira-Rio nos próximos dias
Inter estuda a contratação de zagueiro do Sport
Galo vai brigar por vaga na Sul-Americana na última rodada
LIBERTADORES
Atlético-MG perde em casa para o Nacional e está fora da Libertadores
Cruzeiro segue com 100% de aproveitamento na Libertadores
Cruzeiro vence Deportivo Lara e mantém 100%
Ministro ressaltou que quer apenas fazer o seu trabalho à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública
Sérgio Moro diz que ir para STF seria como ganhar na loteria
Proposta afirma que a política de preços
POLÍTICA
Comissão do Senado e TCU vão apurar política de preços da Petrobras
Advogado de 28 anos foi morto na tarde de 26 de março na Cidade Baixa
CIDADE BAIXA
MP oferece denúncia contra homem acusado de matar advogado
Delegado Márcio Niederauer lidera as investigações
POLÍCIA
Polícia investiga participação de terceira pessoa no homicídio de pai e filho em Estância Velha
Missão da NASA pousou no planeta vermelho no final do ano passado
ESPAÇO
Primeiro terremoto é detectado em Marte
Bennu poderá passar muito perto da Terra em menos de dois séculos
Nasa divulga nova foto de asteroide que passará próximo da Terra
Presidente Emmanuel Macron quer que prédio seja restaurado em até cinco anos
MUNDO
Obras de cobertura na catedral de Notre-Dame começam em Paris
Juremir Machado da Silva agradeceu o prêmio recebido e exaltou o povo negro para o qual o seu livro é dedicado
PRÊMIO
Livro de contos vence o Açorianos de Literatura
Sessão especial contou com convidados para o primeiro capítulo de
ESTREIA
“Jezabel” estreia com sessão especial em Porto Alegre
Revelação foi feita durante a première do filme em Los Angeles na última segunda-feira
CINEMA
Mark Ruffalo diz que recebeu roteiro falso de “Vingadores: Ultimato”
Adaptação ainda não tem previsão de estreia
Musical inspirado em hits de Britney Spears vai virar filme
Filme estrelado por Nicholas Hoult estreia em 23 de maio no Brasil
TOLKIEN
Família desaprova cinebiografia do escritor de “Senhor dos Anéis”
Plataforma será lançada em 12 de novembro nos Estados Unidos
DISNEY+
Catálogo terá menos de 20% da quantidade de conteúdo da Netflix
Ator foi preso, mas solto posteriormente sob fiança
GENTE


Irmãos acusados de atacar Jussie Smollett processam advogado do ator

Nenhum comentário:

Postar um comentário