quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

É A MESA DE SEIS PERNAS! | Clic Noticias



(Sonia Racy – Direto da Fonte – Estado de SP, 16) Pergunta que não quer calar: por que os mercados estão tão entusiasmados, batendo recordes de alta e movimentação, mesmo ante a dramática situação fiscal e previdenciária brasileira?
Esse otimismo, segundo se apurou ontem, não se restringe à expectativa favorável com relação à melhora da economia e à aprovação da reforma da Previdência – mesmo que ela não seja ainda a ideal.
O fato se deve também à forte influência positiva provocada pelo cenário externo.
Entretanto, nem todos fazem parte dessa manada que estourou apostando no bom caminho da economia de maneira generosa, minimizando os possíveis percalços políticos pela frente.
Para alguns integrantes da área financeira faltam peças importantes de sustentação nesse quebra-cabeça.
Segundo relata reconhecido investidor – também perspicaz observador histórico dos movimentos econômicos e políticos no Brasil –, o governo de Jair Bolsonaro tem se sustentado em uma mesa de seis pernas.
Três delas, segundo ele, teriam solidez. As formadas pelos militares e pela equipes de Paulo Guedes e Moro – grupos cujos objetivos e rumos são fáceis de entender.
As outras três pernas ele considera “temerárias” e as divide entre três forças diferentes. A primeira, batizada de “grupo dos templários”, incluiria os ministros da Educação, do Itamaraty, mais Olavo de Carvalho e seguidores – cuja lógica o investidor considera precária.
A segunda, denominada “saco de gatos”, é constituída pela base de apoio ao governo no Congresso, cujo preparo considera fraco e sem o sentido de uma coligação real.
“Cada parlamentar tem indicado que vai trilhar o caminho que acha melhor”, observa. E a terceira, no seu raciocínio, se resume ao núcleo familiar de Bolsonaro, que certamente “nunca tentou fazer uma DR efetiva”.
A mesa fica de pé só com 3 perna? “Por ora sim,mas para dar passos mínimos,precisará das outras”.
Ex-Blog do Cesar Maia
 Com gasolina cara, venda de etanol disparou em 2018
Com gasolina cara, venda de etanol disparou em 2018 
No geral, o consumo de combustíveis no país ficou estagnado no ano, com alta de apenas 0,03% As vendas de etanol hidratado no mercado brasileiro …
Leia mais
 Hospitais registram falta de medicamento para coração
Hospitais registram falta de medicamento para coração 
Fabricantes do medicamento interromperam a produção, segundo especialista Hospitais têm relatado falta de cloridrato de amiodarona, usado …
Leia mais
Reajuste de 71% em plano de saúde para idosa é considerado ilegalOs critérios utilizados por uma operadora de planos de saúde para fazer os reajustes não podem redundar em cobranças excessivas. Essa foi a decisão …
Leia mais
Atraso de até 4 horas em voo é tolerável e não gera dever de indenizarAinda que traga aborrecimentos, o atraso de até quatro horas em um voo faz parte de complexidade da vida moderna. Por isso, a companhia aérea não precisa …
Leia mais
Abertas 960 vagas de fuzileiro no concurso Marinha 2019Com taxa de R$ 42, inscrições para o concurso da Marinha 2019 começam em 27 de fevereiro. Candidatos devem …
Leia mais
Empresa de telefonia é condenada a restituir valores cobrados indevidamente Juíza do 4º Juizado Especial Cível de Brasília julgou procedentes os pedidos autorais para condenar a Oi Móvel S/A a pagar ao autor danos materiais …
Leia mais
Casal será indenizado por receber imóvel inacabado e com infiltrações às vésperas do casamentoCom casamento marcado, noivos não puderam decorar imóvel com móveis planejados.Um casal que recebeu apartamento inacabado e com …
Leia mais
Cliente escorrega em banheiro de shopping, fratura braço e deve receber R$ 10 mil de indenizaçãoO Consórcio Shopping Parangaba foi condenado a pagar R$ 10 mil, por danos morais, e a ressarcir (por gastos médicos) um cliente que caiu no piso de banheiro do estabelecimento …
Leia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário