terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Cancelem o Natal: Roberto Carlos declara-se a favor da posse de armas | Clic Noticias



“[…] vivemos numa guerra. Não dá para uma pessoa andar armada e outra andar desarmada”.
Por
Foto: Divulgação
“Desculpem se vou decepcionar alguns de vocês, mas vivemos numa guerra. Não dá para uma pessoa andar armada e outra andar desarmada. Cresci vendo meu pai com uma arma em casa. Ele guardava numa gavetinha. Ele tinha uma chave, trancava a gavetinha com a chave. E à noite, ele tirava a arma e botava debaixo do travesseiro. É uma coisa que precisa ser analisada com muito cuidado, mas vivemos numa guerra”.
A fala acima é do “Rei” Roberto Carlos, em resposta à pergunta do O DIA sobre o que achava do projeto do presidente Jair Bolsonaro de facilitar a posse de armas no Brasil. A coletiva ocorreu ontem (17), na turnê ‘Emoções Em Alto Mar’.
Ao ouvir a “mitada” do Rei a plateia aplaudiu.
Em seguida, numa aparecente falta do que perguntar, foi indagado o motivo dele estar vestido de rosa, se tinha algo a ver com a declaração da ministra Damares, que disse que meninos vestem azul e meninas vestem rosa. Ligeiramente ele respondeu: “Eu apareci de rosa porque queria fugir um pouco do azul, já que eu já estava ficando marcado pelo azul… E visto rosa porque me garanto!
Agora é só aguardar a turminha da lacração fazer a caveira do Rei e pedirem para cancelarem o Natal.

Cristão, conservador — o termo usado por idiotas é extrema direita: pró-vida, pró-família, pró-armas —, pedagogo, escritor e poeta. Vivo de poesia pra não morrer de razão. — http://www.andersonsandes.net
Conexão Política

Nenhum comentário:

Postar um comentário