sábado, 3 de novembro de 2018

Toffoli corteja Bolsonaro

Resultado de imagem para Toffoli corteja Bolsonaro

O presidente do STF, Dias Toffoli, está cortejando Jair Bolsonaro.

Ele disse em Nova York:

“É necessário que, com a renovação democrática ocorrida nas eleições gerais de outubro deste ano, a política volte a liderar o desenvolvimento nacional. Nós passamos, nos vários anos recentes, com o Judiciário sendo um protagonista. É necessário restaurar a confiança na política para que possamos voltar à clássica distinção: o legislativo cuida do futuro, o executivo cuida do presente e o Judiciário pacifica os conflitos ocorridos.”

Dias Toffoli promete não perturbar Jair Bolsonaro, mas quer “pacificar os conflitos ocorridos” mandando Lula para a prisão domiciliar.


O Antagonista

2 comentários:

  1. Tava demorando para alguém voltar a falar em tirar o molusco da jaula. Mas tem um porém: os autos processo sobre a cobertura em SBC e o terreno em São Paulo, onde seria consturída a nova sde do Insituto Lula, estão conclusos para sentença. Moro não vai julgar a ação, que ficará sob a pena da juiza substituta Gabriele Hardt, considerada linha-dura, que também conduzirá o interrogatório do molusco abjeto no próximo dia 14. Presumo que a ação pendente de julgamente deva render mais uns bons aninhos de cana para o demiurgo, e isso deve dificultar a progressão da pena e consequente cumprimento em regime domiciliar. O que seria preciso é tirar do criminoso as mordomias da "sala de estado maior" e colocá-lo com seus pares, seja em Pinhais, seja no diabo que o carregue.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, o que se comenta por aqui é que ela é mais linha dura do que o Moro. Querem soltar o molusco punguista, mas eu acho que não vão levar.

      Excluir