sexta-feira, 23 de novembro de 2018

PT vai acionar Justiça americana contra Whatsapp e Facebook

O candidato a presidente derrotado nas urnas Fernando Haddad disse ontem, dia 22, em uma entrevista coletiva, que vai acionar a Justiça dos Estados Unidos para que Whatsapp e Facebook respondam sobre o disparo de mensagens, uso de robôs e dados dos usuários durante as eleições brasileiras.

“É para que (eles) prestem informações à Justiça brasileira. Ninguém está interessado em micro-dados, mas em macro-dados”, disse o ex-prefeito de São Paulo.

Os advogados do PT ainda não sabem se eles próprios podem entrar com a ação no país ou se terão de se associar a terceiros.

A ação, segundo eles, é contra as empresas de redes sociais que estariam se recusando a abrir os dados para as autoridades brasileiras. Whatsapp, Facebook, Twitter e Instagram já enviaram manifestações ao TSE dizendo que a campanha de Bolsonaro não contratou nenhum impulsionamento ou envio de mensagens. Isso não seria o suficiente para provar que não houve “mal uso” da tecnologia da informação para o PT.


MBL News


ELIANE CANTANHÊDE

Análise: Nem 'Escola sem Partido' nem religião definiram ministro da Educação de Bolsonaro

ENTREVISTA

'A força de Bolsonaro é a preservação da família', afirma Crivella

CONGRESSO

Ministro de Michel Temer vai para a Comissão de Ética


Imagem de player
Entenda a polêmica do Escola Sem Partido

Nenhum comentário:

Postar um comentário