sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Futuro ministro da Ciência e Tecnologia quer investimento privado em universidades federais

Marcos Pontes, ex-astronauta e futuro ministro da Ciência e Tecnologia, defende mudanças na lei que trata sobre parcerias entre universidades federais e empresas privadas.

Pontes deve ter, como ministro, atribuição sobre o Ensino Superior no Brasil. A lei atual impede universidades de arrecadarem acima do previsto pelo orçamento. Se arrecadarem, o MEC deixa de repassar o equivalente.

“Nossa legislação tem que ser revista para permitir que universidades recebam investimentos privados. Tem que ter doação também. Nos Estados Unidos isso é muito comum”

Há também muita resistência no meio acadêmio sobre a partipação de empresas em universidades. O argumento é que o investimento privado privilegiaria os “interesses do mercado” em detrimento dos “interesses da sociedade”.

O futuro ministro diz que mantém conversas federações da indústria e grupos de empresários do setor de tecnologia com o objetivo de incentivar a área.

Informações do G1 e Focus.jor


MBL News

Nenhum comentário:

Postar um comentário