terça-feira, 6 de novembro de 2018

CNJ ataca Sergio Moro

O CNJ, criado por Lula para achacar a magistratura independente, “deve analisar na próxima semana pelo menos quatro representações contra Sergio Moro”, diz a Folha de S. Paulo.

“Uma delas questiona o encontro dele com o economista Paulo Guedes para falar sobre a participação do juiz no governo de Jair Bolsonaro.”


O Antagonista

Nenhum comentário:

Postar um comentário