sábado, 24 de novembro de 2018

Bloco de 15 senadores elabora manifesto para ‘receber’ Bolsonaro

Distante dos extremos, documento vai rechaçar a adesão automática e a oposição sistemática

Por Gabriel Mascarenhas

O senador Randolfe Rodrigues (AP)

Gestando o texto (Celso Junior/Estadão Conteúdo/VEJA)

Randolfe Rodrigues e Reguffe vão redigir um manifesto em nome do grupo de 15 senadores que prometem uma atuação independente durante o governo de Jair Bolsonaro.

Capitaneado pelas duas excelências e por Cid Gomes, o bloco usará o texto para rechaçar tanto a adesão automática, prometida pela base aliada bolsonarista, quanto a oposição sistemática, que virá do PT.

O documento deverá ser assinado pelos cinco senadores da Rede, quatro do PDT, dois do PSB, outros dois do PPS, além de Jorge Kajuru, recém-eleito pelo PRP, e, claro, Reguffe, sem partido.


Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário