sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Black Friday terá lojas com horário ampliado em Porto Alegre

Comércio deverá oferecer descontos de até 50%

Resultado de imagem para Porto Alegre

Black Friday deve aquecer vendas e terá lojas com horário ampliado em Porto Alegre | Foto: Alina Souza / CP Memória

Terceira data em importância do calendário de vendas do comércio lojista gaúcho, atrás do Natal e do Dia das Mães, a promoção Black Friday chega com descontos de até 50%, e terá lojas físicas com horário de atendimento ampliado nesta sexta-feira na Capital. Elas são mais preferidas, se comparadas às virtuais (sites na internet) devido, por exemplo, a entrega imediata do produto. Participam desta Black Friday áreas como imobiliária, veículos, confecções, supermercados, e gastronomia, entre muitas outras.

O comércio da Capital pode funcionar até às 23h59min, informa o Sindilojas. “Colaboradores que estenderem as suas jornadas nesta data e fizerem jus ao pagamento de horas extraordinárias, terão elas pagas e calculadas com o adicional de 100%”, diz nota do sindicato. Se não houver transporte público disponível até a meia noite, caberá ao lojista fornecer transporte próprio ao deslocamento do local de trabalho até a residência do empregado escalado até esse horário.

A rede Americanas abrirá 24 horas nesta sexta, disse o presidente do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse. A expectativa geral de negócios na Capital, segundo ele, é de um aumento de 15% nas vendas em relação à Black Friday de 2017. No Estado a alta será menor, e ficará entre 7% a 8% na estimativa do presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), Vitor Koch.

Na prática, o comércio precipitou a data da Black Friday oferecendo preços mais sedutores desde a segunda-feira desta semana. Em vez de ser num único dia, o evento comercial passou a acontecer ao longo de toda a semana. Conforme pesquisa feita pelo Sindilojas, 27% do varejo dará descontos de até 50%, 30% oferecerão até 40%, e 10% concederão até 30%.

O mesmo levantamento aponta que a maior procura dos consumidores é por artigos do vestuário (35%), seguida por calçados (30%), eletroeletrônicos (25%) e linha cama mesa e banho (10%). Segundo Kruse, as lojas físicas são mais procuradas porque o sistema de entrega do produtos e de troca, se houver problema, ainda não está desenvolvido plenamente entre as lojas virtuais.

Na avaliação do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas, de Porto Alegre, Alcides Debus, a Black Friday deverá ter crescimento de “dois dígitos” nas vendas, sobre as efetivadas no ano passado. A maioria dos consumidores, afirma, faz as pesquisas de produto e de preço na internet, mas vai fechar a sua compra direto na loja física escolhida, seja de rua ou de shopping.

Proteger o Natal

Em 2012, recorda o presidente da FCDL, a Black Friday no Brasil vendeu 138% acima dos negócios de 2011. A data se estabeleceu e os índices caíram. Neste ano, avalia Kruse, os lojistas diminuíram a agressividade da promoção. "Há um reposicionamento nos descontos. A Black Friday estava esvaziando o Natal, muitos aproveitavam para comprar o Natal na Black Friday", explica.

Desde 24 de setembro o Procon Porto Alegre tem pesquisado e acompanhado preços em sites de lojas. A variação em várias datas pode ser conferida na sua página da internet. Neste dia 23 equipes percorrerão lojas e farão verificações no comércio online. Ofertas não cumpridas podem gerar notificação, autuação ou multa, que varia de R$ 800,00 a R$ 8 milhões, avisa a diretora executiva do Procon da Capital, Fernanda Borges.

A diretora alerta os consumidores para que não adquiram produtos sem antes conhecer como é a política de troca de produtos, no pós venda. O Procon RS recomenda a busca de informações sobre os sites de venda, nas páginas da internet do Sindec Nacional ou consumidor.gov; evitar clicar em anúncios vindos por e-mail ou redes sociais; e exigir sempre a nota fiscal. Denúncias podem ser encaminhadas nos sites dos dois Procons.


Correio do Povo


BRASILEIRÃO

Vasco vence o São Paulo e ajuda a dupla Gre-Nal

BRASILEIRÃO

Bahia vence o Fluminense e se garante na Sul-Americana

LIBERTADORES

Torcida lota Bombonera para apoiar jogadores antes da Superfinal

GRÊMIO

Flamengo fará proposta de três anos para Renato, diz jornal

HILTOR

Roger e Ceni são planos B do Grêmio
Jogadores do Grêmio realizam treino físico na beira da praia no Rio de Janeiro

INTER

Patrick credita queda a maior observação dos adversários do Inter
Dourado será reavaliado e corre o risco de não enfrentar o Fluminense

BRASILEIRÃO

Chapecoense vence o Sport e sai da zona do rebaixamento

GAUCHÃO

Pelotas anuncia paraguaio Gavilán como técnico para o Gauchão

Nenhum comentário:

Postar um comentário